Do Direito ao RH: uma conversa sobre carreira

08.02.2021 | Pessoas

Do Direito ao RH: uma conversa sobre carreira

 

Carreira diz respeito a toda a trajetória percorrida ao longo da vida profissional. Mas isso não se reduz à capacitação técnica. Nosso ponto de vista, escolhas e experiências contam muito.  Entender isso torna sua forma de trabalhar mais inteligente e traz mais significado para sua carreira. 

 

Oi, eu me chamo Nathalia. Sou recrutadora e trabalho como assistente de Recursos Humanos. Esta coluna é um espaço criado para conversarmos sobre carreira e trabalho de um jeito simples e prático. Ele é dedicado a você que está na dúvida sobre sua carreira ou está em fase de transição de carreira. E para começar, preciso apresentar um pouco da minha trajetória pessoal. 

Eu sou graduada em Direito, porém desde a faculdade nunca tive interesse em advogar. E, de fato, nunca trabalhei na área após encerrar o curso. Por sempre mentalizar o que outras pessoas poderiam pensar, me propus a realizar a prova da OAB. Por duas vezes e sem sucesso. Com a reprovação, o sentimento de impossibilidade e frustração vieram à tona. A partir dessa experiência, me autorizei a questionar comigo mesma se o Direito era minha vocação, independente da opinião alheia. 

Enquanto isso, comecei a trabalhar na Lince em 2019. Dois anos após a graduação. Iniciei no atendimento a clientes. Então, no final de 2020, tive a oportunidade de auxiliar no recrutamento e seleção na triagem de currículos e candidatos. Estava me aprofundando mais no mundo do recrutamento e seleção. Com o meu trabalho evoluindo, fui convidada a me tornar recrutadora. Assim, de bacharel em Direito passei a ser assistente de RH. 

Tenho enxergado um lado do RH que eu não imaginava. O contato com os candidatos, suas histórias contadas nas entrevistas, suas vivências fazem pensar. Elas dizem de mim também. A rotina de trabalho, os vários momentos, encontros e desencontros tem me mostrado que não é só possível mudar, mas que está tudo bem tomar uma rota diferente. 

Esteja você em dúvida quanto à sua carreira ou tenha acabado de dar o primeiro passo, tenha certeza do seguinte: nunca é tarde demais para começar algo novo. Mais do que possível, está tudo bem mudar de rota. Sua carreira diz respeito, sim, à sua trajetória profissional, mas não se reduz à capacitação técnica. Ela pode ser um efeito natural de escolhas e também de aonde você quer chegar. O importante é se enxergar ao longo do percurso.

 

 

Quer ajuda? Clique aqui.